Mapa Site: Programas-Casa do Hip Hop

 

 

 

O Projeto “CASA DO HIP HOP - SANTA CRUZ” nasce da demanda do vasto número de grupos e indivíduos ligados ao movimento denominado Hip Hop no município de São Jose dos Campos, porem proporcional a esta demanda existe a carência por espaços especializados e informações referentes à área tais como materiais de estudo, palestras, ações, grupos de discussão, entre outras lacunas. 

O Projeto “CASA DO HIP HOP - SANTA CRUZ” desponta como um ponto de referência neste cenário devido sua origem junto à comunidade Santa Cruz e sua atuação constante junto às comunidades carentes, o envolvimento e a militância de seus membros fundadores do Movimento Hip Hop a nível local e nacional.

Consta em seu portfólio publicações literárias, criação de álbum musical, realizações de eventos, criações de grupos temáticos de discussão e estudo, e a realização de palestras e debates, tanto junto à comunidade em que atua, como ao público em geral, disseminando esta cultura e desmistificando suas raízes.


Buscando atender esta demanda o Projeto “CASA DO HIP HOP - SANTA CRUZ”, torna-se um Ponto de Cultura independente dentro da comunidade Santa Cruz, para facilitar as ações junto à comunidade e ao mesmo tempo se estabelecer como um centro de referência para os artistas e interessados na cultura urbana e no movimento hip hop.

O Projeto “CASA DO HIP HOP - SANTA CRUZ”, está localizado na região central de São José dos Campos, no Vale do Paraíba.


Suas ações foram reconhecidas tornando se um ponto de cultura reconhecido e faz parte hoje da Rede de Pontos de Cultura do Ministério da Cultura na cidade de São José dos Campos, realizando em suas dependências e dentro da comunidade Santa Cruz:


• Oficinas/workshops – de graffiti, MC (Rap), Breaking, DJ;


• Cursos – conhecimentos gerais sobre a cultura hip hop;


• Biblioteca: espaço com atendimento diário;


• Sarau – com microfone aberto;


• Encontros ‘Gueto em Movimento’ com artistas grafiteiros, MC’s, DJ’s;


• Palestra sobre a cultura hip hop, com temas como: ‘Encontro entre as Culturas e seus ensinamentos’;


• Pocket show, freestyle e performance de DJ’s;

 

Locais de realização, participantes e público beneficiado:


• Comunidade Santa Cruz – região central da cidade;


Público beneficiado:

 

Crianças, adolescentes, jovens e moradores da Comunidade Santa Cruz.

Destaque de relevância para o histórico do Ponto de Cultura:

Em 2018, a bonequeira Maria Zilda Faria, a Tia Duda, madrinha do Instituto Amor Brasil e Instituto Gueto e da Casa do Hip Hop Santa Cruz, foi homenageada com o prêmio Culturas Populares 2018 – Edição Selma do Coco, na categoria Mestra da Cultura Popular.

logo casa do hip hop.png
LOGO TEIA.png
LOGO CULTURA VIVA.jpg
HIP HOP.png