Mapa Site: Programas-Casa do Hip Hop-Studio Criativo

logo studio criativo.png
Financiamento:
FMC - 2021.png

“Projeto FMC, "Studio Criativo - Ateliê de Artes Urbanas e Populares do Vale do Paraíba" nº 004/PR/FMC/2021, beneficiado pelo Fundo Municipal de Cultura”,

bem como “O conteúdo desta obra é de responsabilidade exclusiva do autor e não representa a opinião dos membros do Conselho Gestor do

Fundo Municipal de Cultura ou da Fundação Cultural Cassiano Ricardo”.

 

O Projeto “Studio Criativo – Ateliê de Artes Urbanas e Populares do Vale do Paraíba” é um espaço independente vinculado às artes urbanas e populares instalado na região sudoeste de São José dos Campos, sendo gerenciado por artistas e produtores culturais associados a Associação dos Arte Educadores, Agentes Sociais e Similares do Estado de São Paulo - Instituto Amor Brasil e Instituto Gueto, organização não governamental, entidade jurídica de direito privado e sem fins lucrativos que dá o
suporte jurídico necessário ao desenvolvimento das atividades.


O Projeto “Studio Criativo – Ateliê de Artes Urbanas e Populares” nasceu da iniciativa de vários artistas destes segmentos, o espaço é uma homenagem ao trabalho da Mestra Bonequeira Maria Zilda Faria (Tia Duda) de 63 anos, mineira de Passa Quatro / MG que mora na região sudoeste de São José dos Campos desde os 19 anos. Que neste ano de 2020 completa 43 anos de trabalho artístico, lembramos que Tia Duda foi agraciada com o Titulo de Mestra do Saber pelo prêmio Culturas Populares - Edição Selma do Coco do Ministério da Cultura conforme publicado no Diário Oficial da União de 27 de abril de 2018.

 

O ateliê inicialmente foi criado para desenvolver as obras dos próprios integrantes do coletivo, e pesquisar e fundir materiais e técnicas novas, buscando uma linguagem diferenciada em seus trabalhos. Mas que com o tempo acabou se tornando de forma orgânica um ponto de encontro para os apaixonados pelas artes plásticas, esculturas, confecção de bonecos, apreciadores de grafite e estêncil arte, entre outras tantas manifestações vinculadas de uma forma ou outra as culturas urbanas e populares.

 

O Projeto “Studio Criativo – Ateliê de Artes Urbanas e Populares do Vale do Paraíba”
passou então a formar um núcleo ativo seguindo os princípios estatutários do Instituto Instituto Amor Brasil
e Instituto Gueto (pessoa jurídica hoje responsável por seu funcionamento), incentivar, produzir e difundir “As Artes em Geral” para ampliar o acesso à cultura e suas vertentes e colaborar desta forma com o processo de transformação social das comunidades onde se faz presente, promovendo as artes plásticas eruditas ou populares e estimulando seu intercambio com outras áreas das artes em geral com foco na cultura urbana e na cultura popular.


Promovendo e garantindo através de ações práticas, estudos, pesquisas, desenvolvimento e tecnologias, de referência nacional e internacional, os direitos e exercício de cidadania social e artístico – cultural de crianças, adolescentes, adultos e idosos. O Instituto Amor Brasil e Instituto Gueto é sediado na maior favela do Vale do Paraíba e o núcleo “Studio Criativo – Ateliê de Artes Urbanas e Populares do Vale do Paraíba” tem sua base de trabalho na região sudoeste da cidade no Bairro Residencial Juritis no Putim a mais antiga região da cidade, ainda considerada como uma região rural e com sérios problemas de infraestrutura e sociais.


Suas atividades são frutos dos artistas locais (com notório reconhecimento público) que atuam em áreas especificas e distintas através de ações espontâneas, porem seus colaboradores realizam no núcleo oficinas, palestras e workshops, além de celebrações para manutenção e preservação da cultura e da arte urbana e popular, transformando sua sede em um ateliê de criação e um espaço de exposição permanente.
 

Sendo sempre que possível retratando este resultado em obras de artes seja em muros ou quadros, em esculturas ou cerâmicas, bonecos ou artesanato popular, que circulam escolas e espaços públicos e privados da RMVPLN – Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, composta atualmente 39 cidades e com mais de 2 milhões de habitantes.


O ateliê inicialmente criado para desenvolver as obras do coletivo com o tempo acabou se tornando de forma orgânica um ponto de encontro para os apaixonados pelas artes urbanas e populares, Uma de suas principais metas é a formação de novos artistas e de agentes culturais e o apoio a artistas e mestres da cultura popular e artistas e grupos da cultura urbana oriundos das três regiões focos de suas ações, leste, sul e sudoeste da cidade.

Outras atividades: